Por que contratar um freelancer de testes?

Entendendo o Contexto

O trabalho remoto já era considerado uma prática muito comum mesmo antes da pandemia. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2018, haviam 3,8 milhões de brasileiros em home office, correspondendo a um percentual de 5,2%, isso sem considerar o funcionalismo público e trabalhadores domésticos. Já o estudo do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), lançado em 27/05/22, indica um percentual de 24,1% dos brasileiros no mercado de trabalho com potencial de trabalho em home office.

Ainda existem diversas discussões sobre o tema em andamento, mas é indiscutível que o movimento de trabalho remoto veio para ficar, seja ele híbrido ou seja 100% home office. Importante, não estamos falando de 100% dos casos e nem mesmo que existe um consenso. Existe uma infinidade de realidades distintas. Inclusive, não é uma unanimidade entre gestores/diretores. Olhando para fora do Brasil, empresas como Google e Amazon são exemplos que estão seguindo o movimento exatamente contrário, onde seus líderes estão defendendo a volta do trabalho presencial.

Tratamos até aqui da evolução do trabalho remoto, ou home office melhor dizendo, porém, precisamos entender que um personagem se destaca nesse contexto: o freelancer. Antes de qualquer coisa, precisamos defini-lo com clareza: o termo em inglês é comumente utilizado para se referir ao trabalhador liberal, um profissional que atua como autônomo sem um vínculo empregatício formal com uma empresa específica. É um profissional que atua com liberdade para realizar tarefas e/ou trabalhos específicos para uma ou mais empresas durante períodos específicos. Não existe um compromisso de horário, nem uma relação patrão/empregado e, muito menos, a exigência de trabalho presencial. O que existe é o compromisso de entrega de um resultado prévia e claramente definido.

Para quais áreas posso contratar um freelancer?

Uma área muito comum de atuação desses profissionais é o marketing, seja na elaboração de peças gráficas, conteúdos, web sites institucionais, vídeos, tratamento de fotos etc. Porém, a disponibilidade de mão de obra é muito diversificada. Você pode contar com freelancers para: tradução, redação de texto, revisão técnica de textos acadêmicos, criação de legendas, dublagem, vendas online, suporte técnico via chat ou telefone, escrita de livros, gerente de projetos, desenvolvimento de software… A lista é enorme.

Sendo assim, podemos resumir que, em quase todas as áreas de negócio, é possível realizarmos a contratação de um freelancer. E claro, dentre as áreas citadas, várias podem ser quebradas em diversos sub-processos nos quais podemos contar com o apoio desse tipo de profissional. Em destaque, temos o desenvolvimento de software.

Projetos de desenvolvimento de software são realizados com a composição de diversos perfis profissionais: analistas de requisitos, analistas de sistemas, scrum masters, product owners, analistas de devops, analistas de dados, analistas de banco de dados, desenvolvedores e testadores. Quais perfis e quantos profissionais alocados por perfil dependerá diretamente do tamanho, complexidade e, principalmente, orçamento do projeto. Seu negócio pode contar com freelancers para atuar como qualquer um desses perfis. E é aqui que entramos no tema principal de nossa conversa: freelancers de testes.

Freelancer de Testes

Primeiramente, vamos reforçar a importância de testar seus sistemas: Falhas encontradas em tempo de produção geram prejuízos, muitas vezes, incalculáveis. Um bug em software pode paralisar um processo produtivo inteiro, gerar transtornos aos usuários finais dentre outros inúmeros impactos (diversos exemplos estão publicados em sites na Web). Um impacto a ser destacado é a reputação da empresa envolvida. Em um mercado extremamente competitivo e conectado, rapidamente os consumidores simplesmente podem abandonar uma solução com falhas. E esse sim é um prejuízo incalculável.

Testar um software envolve diversas atividades e técnicas. Dentre elas destacamos: elaboração de plano de testes, especificação de testes, execução de testes, relato de falhas, automação de testes e a construção/manutenção de ambiente de testes. Todas essas atividades compõem a disciplina de testes e qualidade de software, que precisa estar presente durante todo o processo de desenvolvimento de um software. Mas o que isso tem haver com freenlancer? Basicamente, é uma disciplina que pode ser plenamente atendida remotamente, sendo parcialmente ou integralmente realizada por profissionais liberais. Em linhas gerais, o requisito básico para realização dos testes é o acesso ao sistema alvo dos testes. O mesmo pode ser feito diretamente ou via VPN, mas em ambos os casos é completamente factível a realização remota.

Agora que estamos alinhados com relação ao conceito de freelancer e o vínculo do mesmo à área de testes de sistemas, vem a nossa grande questão: Por que contratar um freelancer de testes? Existem alguns pontos que podem responder a esse questionamento. Podemos resumi-los conforme abaixo:

    1 Contratação sob-demanda

Embora a disciplina de testes deva ser realizada ao longo do processo de desenvolvimento do software, existem tarefas que são completamente sazonais. Um exemplo claro é a própria execução do teste que depende diretamente da liberação de versões minimamente utilizáveis do sistema. Embora a empresa possa contar com uma equipe interna de testes, a execução costuma ser bastante onerosa. Existem situações nas quais a empresa precisa parar outros profissionais, como suporte técnico ou analistas de sistemas, para cobrir completamente as funcionalidades alvos dos testes. Esse é um processo que, além de caro, é desgastante para a equipe. Sendo assim, sempre que surgir uma demanda específica de execução, é um ótimo momento para a contratação de freelancer.

    2 Disponibilidade de mão de obra especializada

A disponibilidade de mão de obra para realização de trabalhos fechados via Internet é enorme. São milhões de brasileiros cadastrados em diversas plataformas de recrutamento on-line. Se o negócio não possuir restrições regionais, o volume de mão de obra aumenta exponencialmente. Sendo assim, você poderá contar com freelancers com os perfis mais diversificados possíveis, sejam eles estudantes ou até especialistas certificados em processos e ferramentas de testes.

    3 Redução da burocracia e custos gerados pela contratação e demissão

Nesse formato, a empresa realiza contratações por projetos ou demandas específicas. Não existe um relacionamento trabalhista. Sendo assim, não existe um processo efetivo de contratação, assim como também não ocorre o processo de demissão. Os valores são previamente acordados e o profissional fica livre para trabalhar na hora que quiser com o único objetivo de entrega de resultados. Uma vez os resultados ou etapas entregues, os pagamentos são realizados e toda a relação é completamente encerrada, podendo ser retomada em outras oportunidades.

    4 Custos competitivos

Ainda em relação ao vínculo não ser trabalhista, cabe ressaltar que os custos de encargos trabalhistas são inexistentes. O melhor ponto é que o valor recebido pelo freelancer depende exclusivamente de suas qualificações e reputação. A conta pode ser inclusive dividida entre os dois atores principais desse processo: a empresa que contrata, que poderá pagar um valor final abaixo do que custaria um profissional contratado, e o freelancer que poderá receber, líquido, um valor superior ao que receberia se estivesse trabalhando dentro das regras da CLT. E não vamos esquecer, esse processo é extremamente flexível, ou seja, o profissional pode trabalhar com tranquilidade para alguma empresa, com vínculo empregatício e garantindo todos os seus direitos e, em seus horários livres, gerar uma significativa receita extra. É um processo ganha-ganha.

    5 Comprometimento com prazos

Prazos precisam ser previamente acordados entre as partes, mas uma vez definidos, a probabilidade de cumprimento é muito alta. Claro que equipes internas são comprometidas, mas elas possuem limitações de horário. Muitas vezes, para cumprir prazos, horas extras são necessárias, o que torna o trabalho desgastante e, do ponto de vista financeiro, oneroso. Considerando que a empresa pode realizar contratações sob demanda, para garantir prazos, ela pode recrutar um volume maior de freelancers em um determinado espaço de tempo, sem acrescentar efetivamente o custo de horas extras ou gerar ruído em sua equipe. Outro ponto importante é que, o comprometimento do freelancer tende a ser grande uma vez que a garantia de novos projetos depende diretamente de sua reputação.

    6 Visão fora do processo de desenvolvimento

Esse é um ponto importante a ser considerado. Inclusive, é um dos grandes motivadores para nossos clientes contratarem o Crowdtest. Temos uma base com dezenas de milhares de testadores espalhados pelo Brasil que trazem uma visão externa ao processo de desenvolvimento. Esses testadores contribuem muito exatamente por não estarem envolvidos diretamente com a equipe de desenvolvimento, que os deixam livres para apontar todos os tipos de falhas possíveis. Em se tratando de freelancers, esse ponto continua aplicável, porém, com uma característica extra: estamos falando de profissionais qualificados. Claro que aqui o objetivo é outro: permitir que a disciplina de testes possa ser quebrada em diversas etapas e, algumas ou todas, possam ser delegadas a um ou mais profissionais liberais de forma que os mesmos possam entregar pacotes de resultados mais complexos. Porém, ainda assim, estar desvinculado do processo de desenvolvimento, faz com que esses freelancers tenham uma visão mais impessoal e independente de opiniões da equipe interna.

    7 Otimização do tempo da equipe interna

Não menos importante é a otimização de tempo da equipe interna. Veja bem, a contratação de freelancers não dispensa, necessariamente, a manutenção de equipe interna de testes. Muito pelo contrário, manter alguém para garantir a organização, validação e entrega de resultados é fundamental para uma boa condução do processo. Fora isso, é importante frisar que existe o processo contínuo de seleção dos freelancers, bem como parte das atividades podem ser realizadas internamente. Mesmo que a especificação ou a construção de scripts de testes seja transferida para especialistas externos, sempre haverá necessidade de atualizações rápidas que inviabilizam qualquer interação com profissionais externos. Sendo assim, entendendo a necessidade, ou possibilidade, de uma equipe interna, o que esse ponto trás é que essa equipe pode ter seu tempo trabalhado de forma mais inteligente, seja em planejamento, atuando em pontos estratégicos do sistema ou, no mínimo, reduzindo a necessidade de horas extras para realização de tarefas que podem ser terceirizadas. Digamos que a contratação de freelancers pode reduzir significativamente a pressão sobre os profissionais internos, o que acaba ajudando, e muito, na produtividade e qualidade dos resultados gerados.

Conclusão

É incontestável que as relações de trabalho estão sofrendo grandes mudanças. Ainda é difícil afirmar para onde estamos caminhando efetivamente, mas uma coisa é certa, o trabalho remoto, apesar de vários desafios ainda não resolvidos e resistência de diversos gestores, já provou ser uma tendência. Nesse meio tempo, um grupo de profissionais tem colhido excelentes resultados e, eles estão atuando há bastante tempo via Internet. Não nasceram com a pandemia, mas seu número cresceu significativamente e estão atuando nas mais diversas áreas.

Cabe destacar que esses profissionais só estão obtendo sucesso porque também estão gerando resultados significativos para o mercado em diversas áreas, dentre elas o desenvolvimento de software. Pegando especificamente a área de testes, temos diversas atividades que podem ser desmembradas, empacotadas e enviadas para profissionais externos. Cada um desses pacotes podem ser realizados diretamente por profissionais certificados em um prazo pré-definido com um custo controlado. E, claro, sem necessidade de manutenção de vínculo desnecessário após a entrega dos resultados. Existem diversos benefícios ao se contratar um freelancer de testes. Cada negócio possui sua necessidade específica e pode obter um ou todos os benefícios aqui apontados.

Então, o que achou? Você sabia que o Crowdtest também oferece a possibilidade de contratar freelancers de testes? Para saber mais, clique aqui e veja como podemos lhe ajudar nesse processo.

Compartilhar:

Últimas Postagens

Av. Bias Fortes, 382, 14º andar – Lourdes – Belo Horizonte-MG – CEP: 30.170-011